ISU – Instituto de Solidariedade e Cooperação Universitária

 

 

1. Identificação
a. Nome: ISU / ISU-Lisboa
b. Data de Fundação: Agosto de 1989 / 1995
c. Estatuto Jurídico: ONGD e Associação Juvenil
d. Morada: Travessa do Possolo, 11-3º / Rua Maria Alice nº 9, Lumiar
e. Telefone: 21.7591821
f. E-mail: e-real@isu.pt
g. Pessoa de Contacto: António Sarmento / Ana Adega
h. Site- www.isu.pt

2. Missão e Visão/ Áreas de Intervenção
O ISU – Instituto de Solidariedade e Cooperação Universitária – foi fundado em 1989 com o estatuto de Associação Juvenil de Âmbito Nacional. Actualmente está constituído como Organização Não Governamental para o Desenvolvimento (ONGD) e pertence, desde 1991, à Plataforma das ONGD’s portuguesas, onde desempenha cargos de direcção desde 1997. Dada a sua diversidade de áreas de actuação, e embora apenas reconhecida oficialmente como Associação Juvenil e ONGD, poder-se-á considerar a integração do ISU no movimento das Associações de Desenvolvimento Local (ADL’s) e das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS). Todo o leque de actuação do ISU desenvolve-se tendo como base três linhas de fundo: o Voluntariado, a Cooperação e Educação para o Desenvolvimento e a Exclusão. Na àrea da Exclusão social exerce, desde há uma década, actividades de desenvolvimento local e combate à exclusão em comunidades urbanas a partir do Núcleo de Lisboa.

Festa Comunitária na Quinta Grande

A prática continuada de uma intervenção com a população da Quinta Grande, permitiu o contacto com múltiplos projectos e iniciativas europeias e nacionais, em geral enquadradoras do trabalho com a população jovem do bairro, filhos de imigrantes africanos em Portugal, na sua maioria angolanos e santomenses. O processo de realojamento desta comunidade, acompanhado intensamente pelo ISU que, articulando com vários parceiros envolvidos, procurou acompanhar a população num processo de mudança e transformações extremamente complexo, associado à emergência da nova  realidade territorial  da  Alta de Lisboa.

 

3. Projectos/ Valências/ Actividades
Com espaço cedido na Zona da Alta de Lisboa – Sul é dinamizado desde 2000 o Espaço Alta de Lisboa que oferece um conjunto de actividades diárias a um conjunto de 125 jovens e 180 adultos quer na procura de emprego, formação e outras respostas de inserção social e profissional, estruturando-se em termos de 5 eixos fundamentais, designadamente:

a. Centro de Inclusão Digital
Oferece um conjunto de actividades formativas tendo em vista a capacitação dos jovens e adultos para a utilização das novas Tecnologias de Informação e Comunicação a partir de uma Sala de informática com 10 computadores aberta diariamente. Oferece actividades formativas e de acesso pedagógico às TIC, com a presença de um monitor especializado.  

Formação para a Empregabilidade

b. Mediação Social e Comunitária
A Equipa do ISU- Nucleo de Lisboa possuiu um conjunto de técnicos(as) que trabalham na identificação de situações de risco, quer no espaço rua quer noutros locais do território, no sentido de facilitar as relações jovem/família/comunidade, tendo em conta o seu encaminhamento para as respostas de inserção mais adequadas. Esta equipa é também responsável pela capacitação de mediadores locais e líderes da comunidade, trabalhando no sentido do apoio à capacitação de grupos informais da comunidade, tendo a vista a emergência de um maior dinamismo associativo e comunitário.

c. Apoio à Inserção Sócio-Profissional
Possui um serviço dinamizado por uma Animadora de UNIVA, que procede ao acolhimento, informação e orientação profissional e apoio a jovens residentes, dos 18 aos 35 anos, que se encontrem em situação de desemprego, à procura do 1º emprego ou de novo emprego. No âmbito deste eixo encontra-se o projecto “Emprega o futuro” que visa, na sua essência, promover competências nos jovens que conduzam a uma melhoria das suas condições de acesso à integração sócio-profissional. Tem também como objectivo mobilizar um conjunto de parceiros institucionais que se envolvam no desenvolvimento de trajectos de inserção dos moradores.  Neste eixo centra-se ainda o trabalho de ligação com o tecido empresarial e de job matching entre as necessidades e aspirações dos jovens/adultos com as necessidades e perfis dos empregadores, possibilitando ainda a concretização de experiências de formação em contexto de trabalho, entre outras acções de capacitação para a empregabilidade.

Reuniões Grupo de Jovens

d. Dinamização de Redes Locais e Sectoriais para a Empregabilidade
Transversalmente todo o trabalho tem em vista potenciar complementaridades entre recursos e serviços dentro da comunidade da Alta de Lisboa com vista à promoção da empregabilidade e do fomento da melhoria das condições de vida da comunidade.

4. Território de Intervenção
Alta de Lisboa, Lumiar

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: