Viaturas órfãs na via pública

Há uma década que a Câmara Municipal de Lisboa não encontra a solução para resolver a sobrelotação do parque de recolha de Vale do Forno, em Carnide. As duas equipas da Policia Municipal – PM encarregadas na remoção dos veículos órfãs na via pública, têm de abrandar a sua recolha. O Alto do Lumiar e nosso Bairro não é excepção, são várias as artérias, onde podemos encontramos viaturas que apresentam sinais de estacionamento indevido e abusivo, algumas evidenciando indícios claros de abandono, com selo da inspecção e de seguro fora da validade há anos, pneus em baixo, vegetação a crescer em redor e alguns como este exemplo, serve apenas de depósito de lixo, colocando em risco a segurança de pessoas e bens em seu redor.

A PM tem vindo a receber reclamações relativamente a estas viaturas abandonadas, veículos que tardam em sair dos vários arruamentos do nosso bairro, não temos dúvidas que a sua remoção permitia libertar mais lugares de estacionamento, fazendo toda a diferença em determinadas artérias. O destino destes automóveis rebocados é o Depósito Municipal do Parque do Vale do Forno, com capacidade para (+/ -) 600 lugares, local designado por muitos “o cemitério dos automóveis”, onde ainda há lugar para alguns carros que têm por fim o desmantelamento com a respectiva separação de materiais, nomeadamente metais e plásticos entre outros, esta reciclagem pode produzir anualmente uma receita superior a 220 mil euros, a favor da autarquia. Estima-se em Lisboa actualmente 3.000 viaturas abandonadas, fazendo as contas, estas com o seu desmantelamento podiam ser uma fonte de receita anual para a autarquia, num valor superior a 440 mil euros .

Existe alguma razão para as viaturas sem matrícula, com sinais bastante evidentes de abandono, terem que ir para este cemitério, estarem ali meses e meses à espera não sei do quê, porque é que não são logo desmanteladas? Que responsabilidade civil terá a Autarquia, quando uma viatura abandonada é sinalizada junto da PM, não é recolhida e verifica-se que essa viatura constitui um perigo para a segurança das restantes? Que soluções ou alternativas estão pensada para solucionar este problema ambiental? Que soluções ou alternativas estão pensadas para agilizar este processo de recolha de viaturas?

João Carlos Antunes – Presidente da Direcção da AMBCV Lumiar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: